Adalimumabe para estágios iniciais da Doença de Dupuytren tem bom custo-benefício?

A Doença de Dupuytren (DD) consiste em contraturas causadas por cordas formadas da fáscia palmar doente. As opções de tratamento incluem excisão cirúrgica, fasciotomia por agulha e injeção de colagenase, porém todas apresentam risco grande de recorrência.

Leia também: Butantan anuncia acordo para distribuição do medicamento adalimumabe ao SUS

Trabalhos anteriores demonstraram que a injeção de adalimumabe promoveu o down-regulation da proliferação de miofibroblastos, células efetoras na DD. Entretanto, nenhum estudo até hoje avaliou o custo-benefício dessa utilização nos estágios iniciais da doença. Foi publicado no último mês na revista Bone and Joint Open um estudo com o objetivo de avaliar a custo-efetividade do uso do adalimumabe versus tratamento tradicional para DD.

Adalimumabe para estágios iniciais da Doença de Dupuytren tem bom custo-benefício?

O estudo

Uma análise de custo-efetividade comparou quatro injeções de adalimumabe contra o tratamento padrão sozinho, em um período de tempo de 12 meses e usando dados prospectivos do questionário EuroQol — cinco dimensões — cinco níveis (EQ-5D-5L) e dados de um ensaio clínico britânico anterior (estudo RIDD).

Resultados

A avaliação econômica descobriu que adalimumabe com tratamento padrão custou 503.410 euros a mais por qualidade ajustada de  anos de vida (QALY) ganhas versus tratamento padrão sozinho durante um período de 12 meses.

A estatística sugeriu que, ao longo da vida, cursos repetidos de adalimumabe podem custar 14.593 euros (intervalo de confiança de 95%, com preços de 7.534 euros a 42.698 euros) por QALY ganho versus tratamento padrão sozinho. Se o sistema de saúde britânico estivesse disposto a pagar 20 mil euros/QALY ganho, há uma probabilidade de 77% de que o uso do adalimumabe seja mais custo-efetivo.

Saiba mais: Doença de Crohn: ustequinumabe ou adalimumabe para remissão clínica em caso moderado a grave

Conclusão

É provável que cursos repetidos de adalimumabe sejam custo-efetivos para o tratamento do estágio inicial da Doença de Dupuytren (DD). Ainda se encontram em andamento outros estudos baseados em terapia gênica que possam no futuro reduzir os custos com cirurgia dessa patologia.


Veja mais beneficios de ser usuário do Portal PEBMED:


Veja mais beneficios de ser usuário
do Portal PEBMED:


7 dias grátis com o Whitebook

Aplicativo feito para você, médico, desenhado para trazer segurança e objetividade à sua decisão clínica.


Acesso gratuito ao Nursebook

Acesse informações fundamentais para o seu dia a dia como anamnese, semiologia.


Acesso gratuito Fórum

Espaço destinado à troca de experiências e comentários construtivos a respeito de temas relacionados à Medicina e à Saúde.


Acesso ilimitado

Tenha acesso a noticias, estudos, atualizacoes e mais conteúdos escritos
e revisados por especialistas


Teste seus conhecimentos

Responda nossos quizes e estude de forma simples e divertida


Conteúdos personalizados

Receba por email estudos, atualizações, novas condutas e outros conteúdos segmentados
por especialidades

Selecione o motivo:

Errado

Incompleto

Desatualizado

Confuso

Outros

Sucesso!

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Avaliar artigo

Dê sua nota para esse conteúdo.

Você avaliou esse artigo

Sua avaliação foi registrada com sucesso.

Autor

Médico pela UERJ ⦁  Ortopedia e Cirurgia da Mão pelo INTO ⦁  Mestrando em Ciências Aplicadas ao Sistema Musculoesquelético (INTO)

Referências bibliográficas:
Ícone de seta para baixo

  • Dakin H, Rombach I, Dritsaki M, Gray A, Ball C, Lamb SE, Nanchahal J. Cost-effectiveness of adalimumab for early-stage Dupuytren’s disease : an economic evaluation based on a randomized controlled trial and individual-patient simulation model. Bone Jt Open. 2022 Nov;3(11):898-906. DOI: 10.1302/2633-1462.311.BJO-2022-0103.R2.


Read More

Post a Comment

Previous Post Next Post